Direitos Autorais Reservados / Lei. 9.610 de 19/02/1998

Protected by Copyscape plagiarism checker - duplicate content and unique article detection software.

24 de novembro de 2010

fica a dica

Blog do Confrade Ângelo em que foi publicado um poema meu.


http://www.cachimbaria.com/2010/11/poesia-e-cachimbo.html

23 de novembro de 2010

Um século sem Leon Tolstói


Há poucos dias, fez 100 anos que Leon Tolstói morreu. Foi em 20 de novembro de 1910 que o mundo inteiro chorou a perda do grande escritor russo, considerado (por muitos) o maior de todas as épocas. Tão impactante foi sua morte que, alguns anos depois, o escritor Thomas Mann disse que “se o moralista Leon Tolstói ainda estivesse vivo, teria sido possível evitar a Primeira Guerra Mundial”. Um século depois do seu falecimento, seu texto continua fascinando leitores de todos os cantos do planeta. E seu nome permanece na lista dos mais admirados. No Tolstoy Estate-Museum, localizado em Moscou, na casa em que o escritor viveu por quase duas décadas com a esposa Sophia e dez filhos, foi organizada uma exposição e eventos literários. Com um enorme jardim, o local preserva muitos dos objetos pessoais de Tolstói e os visitantes ficam com a impressão de que o escritor pode voltar para sua casa a qualquer momento. A preservação do mobiliário, fotos e porcelana sobre a mesa de jantar foi conservada mesmo depois da Revolução para que os russos pudessem ter a chance de ver como o aristocrata vivia. No amplo salão, entre 1882 e 1901, circularam celebridades como os compositores Skriabin, Rachmaninov e Rimsky-Korsakov, e os também escritores Anton Tchékhov e Máximo Gorki. Durante os 19 que a casa foi ocupada por Tolstói e sua família, ele escreveu quatro livros, entre eles, “A morte de Ivan Ilitch”. Mas esse não é o único museu em homenagem ao autor de “Guerra e paz”. O Museu Yasnaya Polyana, 210 quilômetros ao sul de Moscou, é uma propriedade de 1.600 hectares que o escritor herdou quando tinha 19 anos e que durante décadas foi usada pela família Tolstói. Neste museu, tudo também foi preservado e há uma exposição permanente que mostra como ele vivia, dormia e comia. Sem contar que em seu parque são apontados os caminhos que o escritor mais gostava de percorrer. Para completar, é em Yasnaya Polyana que está o túmulo de Tolstói, sepultado ali de acordo com seu próprio desejo.


vista da casa em Yasnaya Polyana

fonte: http://www.lpm-editores.com.br/blog/?p=4230

17 de novembro de 2010

Como se distrair num domingo!!!

video

Recado de Oswaldo Mendes

Amigo(a)s,
finalmente estreio nesta semana em "Doze homens e uma sentença" (vocês devem conhecer o filme de cor). Espero que possam vir. abraços
Oswaldo Mendes



"Por unanimidade, doze jurados devem decidir o destino de um jovem acusado de assassinar o próprio pai.
A pena em caso de condenação: a morte na cadeira elétrica.
Um clássico do cinema, lançado em 1957, com direção de Sidney Lumet e Henry Fonda à frente do elenco,
"Doze homens e uma sentença" chega ao teatro em São Paulo para uma breve temporada.
A peça de Reginald Rose é um desafiante embate de ideias e argumentos."


DOZE HOMENS E UMA SENTENÇA
direção de Eduardo Tolentino produção Ana Paz
com
André Garolli, Augusto César, Brian Penido, Eduardo Semerjian, Fernando Medeiros Genézio de Barros,
Ivo Müller, José Renato, Marcelo Pacífico, Norival Rizzo, Oswaldo Mendes, Riba Carlovich, Ricardo Dantas




quinta a sábado, 19h30 domingo, 18 horas
ingressos: R$ 15 e R$ 7
de 18 de novembro a 19 de dezembro

CENTRO CULTURAL BANCO DO BRASIL
Rua da Quitanda esquina com Rua Alvares Penteado



Ricardo Dantas, Genézio de Barros e Oswaldo Mendes em cena da peça

8 de novembro de 2010

para começar bem a semana

improviso
Pode ser estranho tudo o que digo
mas me desperta carinho
esse seu olhar de quem vai indo.
Me deixando sozinho nesse
canto do mundo.
Querendo manter suas mãos
entre as minhas
e te dar motivos
para um sorriso.
Um discreto e carinhoso
sorriso.

3 de novembro de 2010

Ruivas ocupam espaço

Surge de repente em minha mente,
Cabelos cor de entardecer,
Perfume de flor de laranjeira.
Olhar de quem quer mais disfarça,
Aninhe-se em meu verso
Por que minha cabeça e peito estão limitados
E ruivas ocupam espaço.
Vem ser meu sol, sem ser meu sol,
Que a noite da vida me cansa tanto.
Deixa que eu me perca em teus cabelos.
Todos sabem, nunca fiz segredo;
Nunca fiz questão de esconder
Que as ruivas são meus anjos de libertação,
As ruivas são meus seres de adoração
Sempre deixo ao mente aberta,
Liberta.
Sem trancas, mas com buracos por onde se possa espiar.
Sempre mantenho um suspiro guardado
Uma olhada mais gentil quando as vejo
E derrubo as paredes que tentam, em vão, aprisionar o que penso...
Ruivas ocupam espaço mesmo

2 de novembro de 2010

Programação 7ª Semana de Letras da FAP.


Venha Participar.

Programação

3/11/10 - QUARTA-FEIRA


19h 30 min Abertura: Vídeo Biografia de Mozart
Solo de Bateria: “Eine Kleine Nachtmusik”
Alexandre Rangel / 3º ano de Letras

19h 45 min Agradecimentos
José Marcos Espinosa / 2º ano de Letras

19h 50 min Palestra: “A Literatura do Exílio: Experiência e Memória.”
Prof. Dr. Márcio Roberto Pereira/ UNESP - Assis

20h 50 min Homenagem ao Prof. Dr. Márcio Roberto Pereira / UNESP – Assis

20h 55 min Intervalo

21h 10 min Sorteio de brindes
Danilo Seolin/ 3º ano de Letras

21h 20 min Sorteio de livros
Prof. Dr. Márcio Roberto Pereira/ UNESP - Assis

21h 30 min Recital Soneto: “Soneto de Fidelidade” Vinicius de Moraes
Elisângela P. da Silva / 2º ano de Letras


21h 45 min Música: “Era uma vez” em LIBRAS
3º Ano de Letras
Michelly Francielli B. Dal’Antoni
Adirce Helena Teixeira Sousa
Maria Aparecida Alves

21h 55 min Apresentação TCC: “A Ditadura Boliviana apresentada em alguns contos de Vitor Montoya”
Helena Cristina Oliveira Barrados de Souza / 2º ano Letras

22h 15 min Recital Poema: “Navio Negreiro” - Castro Alves
Eduardo Duran / 3º ano de Letras


22h 30 min Encerramento








4/11/10 QUINTA-FEIRA


19h 30 min Agradecimentos
José Marcos Espinosa / 2º ano de Letras

19h 45 min Apresentação: Crônica : “Eloqüência Singular” Fernando Sabino
Osenir Barros da Silva/ 2º ano de Letras

20h 00 min Palestra: “Educação e Tecnologia: Diminuindo Distâncias”
Profa. Alda Bezerra Cavalcante / Habilitação em Ciência da Informação


20h 30 min Apresentação Coral Edelwaiss – Regente: Dra. Maria Alzira Alves Barbosa

20h 40 min Apresentação Musical
Michelly Francielli B. Dal’Antoni/ 3º ano de Letras
Rosângela Dias da Silva Bulgarelli/ 3º ano de Letras
Fernando Fonseca/ 3º ano de Letras

20h 55 min Intervalo

21h 15 min Apresentação Musical
David Washington Módena Pardinho/ 3º ano de Letras
Diego Augusto da Silva/ 2º ano de Letras
Michelly Francielli B. Dal’Antoni/ 3º ano de Letras
Rosângela Dias da Silva Bulgarelli/ 3º ano de Letras

22h 30 min Encerramento




6/11/10 SEXTA-FEIRA


19h 30 min Agradecimentos
José Marcos Espinosa / 2º ano de Letras

19h 40 min Apresentação: Monólogo: “Dama da Noite” – Caio Fernando Abreu
Nathácia Akemi Motoki / 3º ano de Letras

20h 00 min Palestra: “O Conceito de Família no Século XXI Dentro do Conceito Escolar”
Profa. Esp.Talita Aparecida Ali Rodrigues / UEM - PR


20h 20 min Quiz


20h 55 min Intervalo

21h 10 min Apresentação Teatro Garalhufas


21h 40 min Apresentação: “Our Father” (Pai Nosso)
Natália Raymundo/ 3º ano de Letras
Nayara Úbeda/1º ano de Letras

21h 50 min Apresentação Musical
Adirce Helena Teixeira de Souza/ 3º ano de Letras


22h 15 min Encerramento




Local do Evento
Auditório da FAP
Faculdades da Alta Paulista
Rua Mandaguaris, 1010 Fone 14 3404-3862
Tupã – SP



Inscrições

Valor: R$ 7,00

Para alunos de Letras da FAP as inscrições devem ser feitas pessoalmente com as alunas Ana Paula do 2º ano ou Denise Talita do 3º ano.

Inscrições para os demais participantes:
Tesouraria da FAP

Certificado

Serão expedidos certificados com carga-horária de 18 horas aos participantes de todas as palestras.

Kit de participação

Os 50 primeiros alunos do curso de Letras da FAP que fizerem sua inscrição receberão um kit de participação composto de pasta, bloco de anotações, caneta e régua.

VAGAS LIMITADAS